Acesso:
(79) 3246-5292 INSTAGRAM FACEBOOK YOUTUBE TWITTER

NOVIDADES

01/09/2017 - Concursos 2018: Projeto de Lei Orçamentária prevê autorização de vagas para diversos cargos do Legislativo e Judiciário

Já passamos da metade de 2017. Com isso, vários concurseiros já começam a olhar para os Concursos 2018. Para quem está interessado nos concursos do próximo ano, uma notícia muito relevante: em 31 de agosto de 2017 o Poder Executivo Federal encaminhou ao Congresso Nacional o Projeto de Lei Orçamentária 2018 (PLOA 2018). No anexo V deste projeto constam as autorizações para criação de vagas e de admissão de novos servidores no ano que vem. Vale lembrar que o PLOA será objeto de deliberação do Congresso Nacional, podendo ser significativamente alterado nos próximos meses.
 
CONCURSOS 2018 – OPORTUNIDADES NO PODER LEGISLATIVO
 
Analisando o anexo V do PLOA 2018, podemos começar destacando as autorizações para admissão de servidores no poder legislativo federal. São 169 admissões previstas:

  • Câmara dos Deputados – 89 contratações
  • Senado Federal – 70 contratações
  • Tribunal de Contas da União (TCU) – 10 contratações
Concursos 2018 – oportunidades no Poder Judiciário e Ministério Público
Para o Poder Judiciário, há autorização para criação de 5.057 vagas e também de contratação de 976 servidores. Veja abaixo:
 
  • Superior Tribunal Federal (STF) – 53 contratações
  • Superior Tribunal de Justiça (STJ) – 50 contratações e criação de 670 vagas
  • Justiça Federal (TRFs) – 316 contratações e criação de 3.111 vagas
  • Justiça Militar da União (STM) – contratação de 40 servidores e criação de 740 vagas
  • Justiça do Trabalho (TRTs e TST) – 480 contratações de servidores e criação de 507 vagas
  • Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) – contratação e criação de 29 vagas
  • Conselho Nacional de Justiça (CNJ) – 8 contratações
 
Veja ainda as oportunidades no Ministério Público da União (MPU) e Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), que totalizam 25 novas contratações em 2018:
 
  • Ministério Público Federal – 7 contratações
  • Ministério Público do Distrito Federal e Territórios – 6 contratações
  • Ministério Público do Trabalho – 12 contratações
 
Há ainda a autorização para criação de 811 novas vagas para cargos efetivos na Defensoria Pública da União.
 
CONCURSOS 2018 – OPORTUNIDADES NO PODER EXECUTIVO

 
Para o Poder Executivo Federal estão sendo autorizados gastos visando a fixação de efetivos militares (1533), Corpo de Bombeiros do DF (450), Polícia Militar do DF (750) e Polícia Civil do DF (167), bem como a substituição de 320 terceirizados.
Nos próximos dias devem ser fornecidos mais detalhes, e nesta página você terá TODAS AS INFORMAÇÕES sobre o andamento dos concursos para o ano que está por vir (concursos 2018). Portanto, salve nos seus favoritos este endereço e consulte-o sempre que sentir necessidade!
Veja abaixo quais foram as vagas que haviam sido solicitadas pelos órgãos federais no final de maio de 2017, com objetivo de inclusão no orçamento de 2018. 
 
CONCURSOS 2018 – ÓRGÃOS FEDERAIS: VAGAS SOLICITADAS NO MPOG

De acordo com uma Portaria emitida pelo Ministério do Planejamento (MPOG), os órgãos públicos do Poder Executivo Federal tinham até 2 de junho para encaminharem as suas propostas de orçamento para o ano que vem. 
Dentre os seus pedidos, pelo menos 46 órgãos federais solicitaram autorização para realizar Concurso Público em 2018. Dentre eles estão o Banco Central (Bacen), Ibama, Ministério da Fazenda, Polícia Rodoviária Federal (PRF), Agências Reguladoras (ANTT, ANEEL etc.) e vários outros. Ao longo deste artigo você poderá conferir os pedidos de Concursos 2018 e verificar se aquele órgão que você tanto sonha está entre os solicitantes.
Vale dizer que, a exemplo do ocorrido em 2016, vários pedidos de concurso poderiam ser negados (como aparentemente foram, de acordo com o PLOA 2018), especialmente tendo em vista a atual situação econômica do país. Entretanto, é fato que alguns destes concursos já foram autorizados e devem ocorrer em 2018como é o caso da ABIN, AGU e MAPA.
 
CONCURSO BACEN: O Banco Central protocolou pedido de concurso para 900 vagas, sendo 800 de Analista, 150 de Técnico e 40 de Procurador do Banco Central do Brasil, a serem preenchidos no biênio 2019/2020. Hoje, o órgão possui 2.050 cargos vagos para Analista, 328 para Técnico e 129 para Procurador. A remuneração inicial é de R$ 16.933,64, R$ 6.424,57 e R$ 19.197,67, respectivamente. O último concurso foi 2013 com 500 vagas. A organização foi feita pelo Cebraspe/Cespe.
 
CONCURSO ABIN: Autorizado! São 300 vagas, sendo 220 para o cargo de Oficial de Inteligência, 60 para o cargo de Oficial Técnico de Inteligência e 20 para Agentes de Inteligência.  O último concurso da Agência foi em 2010 e hoje o órgão tem déficit grande de servidores a ser preenchido. O edital deve ser publicado até janeiro/2018.
 
CONCURSO MINISTÉRIO DOS DIREITOS HUMANOS: órgão protocola pedido de concurso no Ministério do Planejamento.
 
CONCURSO MINISTÉRIO DA CULTURA: O MinC também protocolou no MPOG pedido de certame antes do fim do prazo. O último concurso aconteceu em 2010, quando foram ofertadas 253 vagas, sendo 27 de Nível Superior e 226 de Nível Intermediário. O Instituto Movens foi a banca organizadora do certame. Na época, o salário inicial variava de R$ 2.293,50 a R$ 2.989,28.
 
CONCURSO MINISTÉRIO DO TRABALHO: um documento protocolado no MPOG solicita a realização de concurso para abertura de 1.405 vagas para demais cargos e áreas do Ministério. A última seleção ocorreu em 2014 e foi organizada pelo Cespe/UnB. Foram 100 vagas para o cargo de Auditor-Fiscal do Trabalho.
 
CONCURSO AFT: já está em trâmite no MPOG um pedido de concurso para a carreira de Auditor Fiscal do Trabalho. O documento consta o pedido de 1.190 vagas. Além dessas, serão mais 1.405 para demais áreas do concurso MTE. Os vencimentos de um auditor fiscal em início de carreira é de R$ 20 mil, chegando a R$ 28 mil. O último concurso aconteceu em 2013 organizado pelo Cespe/UnB, com 100 vagas.
 
CONCURSO MINISTÉRIO DA SAÚDE: a pasta protocolou pedido de certame para provimento de vagas em cargos de nível superior do Ministério. O último concurso para o órgão aconteceu este ano, quando foram ofertadas 102 vagas e formação de cadastro de reserva. Foram 27.033 inscritos. A remuneração vario de R$ 4.784,27 a R$ 5.744,88.
 
CONCURSO MINISTÉRIO DA DEFESA: Protocolado dia 31 de maio, quem também pediu autorização de certame foi o Ministério da Defesa. O último concurso aconteceu em 2010, quando foram ofertadas 87 vagas para os cargos de Analista em Ciência e Tecnologia, Pesquisador, Tecnologista, Assistente em Ciência e Tecnologia, Auxiliar Técnico em Ciência e Tecnologia, além de Técnico em Ciência e Tecnologia. O IBFC foi a banca organizadora.
 
CONCURSO MDIC: o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviço também solicitou concurso ao MPOG para selecionar novos servidores. Os vencimentos iniciais para um Analista de Comércio Externo estão em R$ 15.828,90 podendo chegar a R$ 22.567,61. Organizado pela ESAF, o último certame foi em 2012, com 157 vagas.
 
CONCURSO MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA: o último concurso do Ministério de Minas e Energia aconteceu em 2013 quando o Cespe/UnB foi a banca organizadora. Foram 2.848 inscritos para concorrer a vagas em cargos de nível superior e de nível médio. Com 17 vagas, os cargos contemplados foram Analista, Assistente e Gerente foram os cargos ofertados. Este ano, o Ministério protocolou pedido de concurso para o órgão.
 
CONCURSO MMA: o Ministério do Meio Ambiente também solicitou pedido de concurso. A previsão é que sejam ofertadas 158 vagas para os cargos de Analista Ambiental e Agente Administrativo. As remunerações variam de R$ 3.712,72 para nível médio e R$ 7.760,45 para superior. O último concurso aconteceu em 2008 com 283 vagas e tendo como banca o Cespe/Cebraspe.
 
CONCURSO MEC: o último concurso para o Ministério da Educação foi em 2015 com 316 vagas para candidatos em nível médio e superior. Os rendimentos mensais foram entre R$ 3.800 e R$ 8.300. A banca foi o Cespe/UnB.  No dia 31 de maio o MEC protocolou pedido de certame.
 
CONCURSO MINISTÉRIO DO ESPORTE: o Ministério do Esportes foi outro órgão do poder executivo que solicitou realização de concurso ao MPOG. O último aconteceu em 2008, organizado pelo Cebraspe, o então Cespe/UnB. Foram ofertadas vagas para 16 cargos diferentes, para candidatos em nível médio e superior. Rendimentos na época variavam de R$ 1.898,87 a R$ 2.418,87.
 
CONCURSO MINISTÉRIO DA INTEGRAÇÃO: foi protocolado em junho pedido de concurso para este órgão. No último concurso que aconteceu em 2013, foram 33.879 candidatos inscritos concorrendo a 122 vagas para nível médio e superior. Os rendimentos variavam de R$ 2.570,02 a R$ 5.081,18.
 
CONCURSO MINISTÉRIO DA JUSTIÇA E SEGURANÇA PÚBLICA: o último concurso aconteceu em 2013. Na época, foram ofertadas vagas apenas para candidatos em Nível Superior. Por isso, há expectativa de abertura para cargos em Nível Médio. Os rendimentos iniciais no edital do concurso aplicado pela ESAF variou entre R$ 3.980,62 e R$ 5.081,18.
 
MINISTÉRIO DA FAZENDA: a Fazenda também solicitou concurso para Carreiras Fazendárias. Segundo informações, o pedido contempla 4.023 vagas, distribuídas entre – Comissão de Valores Mobiliários (Concurso CVM), da Secretaria do Tesouro Nacional (Concurso STN), da Receita Federal do Brasil (Concurso RFB), para a Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Concurso Previc), além de cargos próprios do Ministério.
 
CONCURSO MINISTÉRIO DA FAZENDA: o órgão fez requisição para cargos do próprio Ministério! Foram requisitadas 1.526 vagas, distribuídas entre os cargos –  904 para Assistente Técnico-Administrativo (ATA-NI), 257 vagas para Assistente Técnico-Administrativo (ATA-NS), 240 vagas para Procurador da Fazenda, 12 vagas para Arquiteto, 09 vagas para Arquivista, 12 vagas para Bibliotecário, 53 vagas para Contador, 15 vagas para Engenheiro, 05 vagas para Enfermeiro, 06 vagas para Pedagogo, 06 vagas para Psicólogo e 22 vagas para Técnico em Comunicação Social.
O último certame aconteceu em 2014, organizado pela Esaf. Foram 263.770 inscritos para 1.026 vagas.
 
CONCURSO STN: como mencionado acima, o Ministério da Fazenda já protocolou pedido de certame no MPOG que deve contemplar a STN. O último concurso foi para 120 vagas. No pedido atual, foram requisitadas 100 vagas, sendo 30 para Auditor Federal de Finanças e Controle  e 70 para o cargo de Técnico Federal de Finanças e Controle, com vencimentos entre R$ 6.882,57 e R$ 17.391,64. O último certame foi em 2012 organizado pela ESAF. Foram 21.808 inscritos.
 
CONCURSO CVM: a Comissão de Valores Mobiliários já encaminhou pedido de 128 vagas, sendo 16 para Inspetor, 30 para Analista e 82 para Agente Executivo. Os vencimentos iniciais variam entre R$ 5.634,43 e R$ 15.461,70. A última seleção para o órgão foi em 2010, realizada pela ESA e ofereceu 150 vagas para os mesmos cargos.
 
CONCURSO RECEITA FEDERAL: o MPOG confirmou que o pedido efetuado pelo Ministério da Fazenda para 2.083 vagas para cargos próprios da Receita Federal (630 vagas para Auditor-Fiscal e 1.453 para Analista-Tributário). O último concurso para o cargo de Auditor-Fiscal da Receita Federal do Brasil (AFRFB) foi realizado em 2014 e ofereceu 278 vagas.
 
CONCURSO SUSEP: há também pedido de 55 vagas para o cargo de Analista Técnico do concurso da Superintendência de Seguros Privados. O último certame aconteceu em 2010, quando a ESAF foi a organizadora. Foram 15.411 inscritos para 138 vagas ofertadas para o cargo de Analista Técnico, que exige formação superior na área afim. A remuneração inicial foi de R$ 12.413,65.
 
CONCURSO PREVIC: Foram pedidas 128 vagas, distribuídas entre – 48 vagas para Especialista em Prev. Social, 23 vagas para Analista Administrativo, 39 vagas para Técnico Administrativo, 11 vagas para Administrador e 07 vagas para Atuário.
 
CONCURSO PRF: depois de um pedido negado no ano passado pelo MPOG, o órgão policial federal voltou a solicitar concurso. O pedido é para 1.300 vagas para o cargo de Policial Rodoviário Federal. O déficit é de 2.500 servidores e há previsão de até 3.600 aposentadorias. O último certame aconteceu em 2013 para o provimento de 1 mil vagas e foi aplicado pelo Cespe/Cebraspe.
 
CONCURSO IBAMA: o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis protocolou no MPOG documento que solicita concurso par ao órgão. A expectativa é que sejam 680 vagas para Analista Ambiental e Administrativo. O último concurso aconteceu em 2012 com 108 vagas. A remuneração para o cargo foi de R$ 5.441,24.
 
CONCURSO ANVISA: um estudo realizado ainda no ano passado mostrou que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária possui um déficit de 697 profissionais. Por isso, a Anvisa solicitou concurso para o quadro de servidores. Os salários variam entre R$ 4 mil e R$ 10 mil, nível médio e superior. O último certame aconteceu em 2013 quando foram ofertadas 314 vagas para os cargos de Especialista em Regulação e Vigilância Sanitária (157), Analista Administrativo (29), Técnico em Regulação e Vigilância Sanitária (100) e Técnico Administrativo (28). O Cespe/Cebraspe foi a banca organizadora.
 
CONCURSO ANTT: Agência Nacional de Transportes Terrestres já solicitou realização de certame para provimento de vagas no órgão. O último concurso aconteceu em 2013 para os cargos de Analista Administrativo, Especialista em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres, Técnico Administrativo e de Técnico em Regulação de Serviços de Transportes Terrestres. O Cespe/UnB foi a banca organizadora. Foram 135 vagas com remuneração variando entre R$ 4.760,18 e R$ 10.019,20.
 
CONCURSO ANEEL: órgão enviou pedido de concurso ao MPOG para provimento de 139 vagas para os cargos de Analista e Técnico Administrativo. Além de outras destinadas a Especialidades. O último concurso, aplicado pelo então Cespe/UnB, aconteceu em 2010, com 186 vagas. Os salários variavam entre R$ 4.548,47 e R$ 9.378,40.
 
CONCURSO INPI: órgão protocola pedido de concurso esperando aprovação das 360 vagas, sendo 120 para cargos com exigência de ensino médio e 240 para quem possui formação de nível superior, que devem ser abertas para pesquisadores, tecnologistas, técnicos e analistas. Vencimentos variam de R$ 3.573,00 a R$ 8.678,69. Com 8.836 inscritos, último concurso aconteceu em 2014, com abertura de 140 novos cargos. O então Cespe/UnB foi a banca organizadora.
 
CONCURSO DNIT: um pedido de concurso para o Departamento Nacional de Insfraestrutura de Transportes também tramita no MPOG. Não há confirmação do número de vagas, mas um pedido no ano passado constou 1.098 oportunidades para técnico e analista. O último certame foi em 2012 com 1.200 vagas disputadas por 116.807 inscritos. Vencimentos variavam de R$ 2.507,30 e R$ 7.815,81.
 
CONCURSO EPPGG: também tramita no MPOG o documento que pede a autorização de um concurso para Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental. O último certame foi em 2013, quando foram ofertadas 150 vagas. O subsídio básico ofertado, na época, conforme o edital, era de R$ 13.981,81.
 
CONCURSO FUNASA: a Fundação Nacional da Saúde também solicitou pedido de concurso. Caso aprovado, serão 459 vagas efetivas. Serão 262 para o cargo de agente administrativo, que exige formação em nível médio, e as outras 197 são para cargos do ensino superior. Os vencimentos variam entre R$ 3.817 e R$ 5.519. O último certame foi em 2009 organizado pela Fundação Cesgranrio, com 411 vagas.
 
CONCURSO PF: já avança no MPOG a realização de um pedido de certame para a Polícia Federal. O pedido é para 1.758 vagas sendo 600 para o cargo de Escrivão, 600 para Agente, 491 para Delegado e 67 para Perito. Os vencimentos variam entre R$ 18 mil e R$ 30 mil.
 
CONCURSO CADE: o Conselho Administrativo de Defesa Econômica também solicitou concurso. Com 110.23O inscritos, o último certame foi aplicado pelo Cespe/UnB, em 2014, quando foram ofertadas 18 vagas e formação de cadastro de reserva para Analista Técnico-Administrativo, Bibliotecário, Contador, Economista e Agente Administrativo. Os vencimentos variavam entre R$ 2.818,02 e R$ 5.334,90.
 
CONCURSO CNPQ: o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico foi outro órgão que solicitoou pedido de concurso para o ano que vem. Com 12.270 inscritos, o último concurso aconteceu em 2010, organizado pelo Cespe/UnB. Foram 95 vagas para Analista em Ciência e Tecnologia Júnior, e Assistente 1. Os vencimentos na época variavam entre R$ 2.504,68 e R$ 4.549,63.
 
CONCURSO FUNAI: a Fundação Nacional do Índio foi outro órgão do executivo Federal que solicitou concurso para provimento de vagas. O último certame aconteceu em 2016, com provimento de 220 vagas para cargos em nível superior. A banca organizadora do certame foi a ESAF. 
 
CONCURSO INMETRO: Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia também protocolou pedido de concurso no MPOG e o documento já tramita no órgão. Realizado em 2014 pelo Idecan, o último concurso ofertou 80 vagas em nível médio e técnico. Na época, a remuneração inicial variava entre R$ 4.416,09 e R$ 7.573,99.
 
CONCURSO IPHAN: foi protocolado ainda um pedido de concurso para o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Organizado pelo Universa, o último certame do órgão foi em 2009 quando foram ofertadas 117 oportunidades para analista e técnico. Os vencimentos variavam entre R$ 2.274,42 e R$ 3.257,22.
 
CONCURSO ANCINE: a Agência Nacional do Cinema foi outro órgão que aproveitou para solicitar autorização de concurso no MPOG. Aplicado pelo Cespe/UnB, o certame aconteceu em 2013. No edital, foram ofertadas 69 vagas e 16.938 candidatos se inscreveram. Os vencimentos iniciais variavam entre R$ 9.263,20 e R$ 10.019,20.
 
CONCURSO MARINHA: o pedido de concurso para a Marinha foi protocolado no dia 25 de maio. Em 2017, foi realizado o Concurso de Admissão para o Curso de Formação de Soldados Fuzileiros Navais. Foram ofertadas 1300 vagas com remuneração atinente à sua graduação.
 
CONCURSO FUNARTE: a Fundação Nacional de Artes protocolou no MPOG pedido de concurso para o órgão para realizar concursos 2018. O último evento aconteceu em 2014 quando foram destinadas 50 vagas sendo 28 para nível superior e 22 para nível médio. Os vencimentos variavam de R$ 4.247,82 e de R$ 2.818,02, respectivamente. Na época, a FGV foi a banca organizadora do certame que teve 8.966 candidatos inscritos.
 
CONCURSO BIBLIOTECA NACIONAL: a Biblioteca Nacional também pediu concurso no MPOG. O último certame realizado para este órgão foi em 2014 com provimento de 40 vagas e remuneração em R$ 4.247,82. O Idecan foi a banca organizadora deste concurso. Foram 1.993 candidatos inscritos para os cargos de Bibliotecário, Arquivologista e Biblioteconomista.
 
CONCURSO FUNDAÇÃO RUI BARBOSA: A Fundação Casa de Rui Barbosa foi outro órgão federal que solicitou autorização de concurso ao MPOG. O último certame foi em 2013 quando foram ofertadas 48 vagas e vencimentos entre R$ 2.041,31 e R$ 3.706,93. O Instituto AOCP foi a banca organizadora do certame. As vagas foram para Técnico, Analista e Assistente nas mais diversas áreas de atuação.
 
CONCURSO FUNDAÇÃO CULTURAL PALMARES: organizado pelo Cetro Concursos Públicos, Consultoria e Administração, o último concurso para a Fundação Cultural Palmares aconteceu em 2013, com 11 vagas e remuneração entre R$ 2.570,02 e R$ 3.980,62. O concurso venceu em 2015. Por conta disso, o órgão protocolou pedido de novo concurso ao MPOG.
 
CONCURSO CNEN: a Comissão Nacional de Energia Nuclear foi outro órgão que solicitou ao MPOG a realização de um concurso público para provimento de vagas. O último certame aconteceu em 2014 organizado pelo Idecan. Foram providos, conforme o edital, 86 cargos com remuneração inicial entre R$ 1.201,60 e R$ 10.742,87.
 
CONCURSO ANA: a Agência Nacional de Águas também protocolou pedido de concurso para o órgão, outra oportunidade para os concursos 2018. A previsão é que sejam ofertadas 88 vagas para o novo concurso. A última seleção aconteceu em 2006 com 65 vagas para os cargos de Analista Administrativo e Especialista em Geoprocessamento e Recursos Hídricos. As remunerações iniciais para estes cargos eram de R$ 3.257,19 e R$ 5.535,59. O Cespe/UnB, organizador do certame, registrou 5.473 inscritos no certame.
 
CONCURSO IBRAM: Instituto Brasileiro de Museus também pediu concurso no MPOG. No último certame, foram ofertadas 294 vagas para os cargos de Assistente, Técnico e Analista. Os vencimentos atuais são de R$ 3.066,02 para assistente e R$ 4.514,22 para técnico e analista.  A FUNCAB foi a banca organizadora do certame.
 
CONCURSOS 2018 – TRIBUNAIS – TJ’S, TRT’S, TRE’S E TCE’S
 
TRIBUNAIS SUPERIORES
 
CONCURSO STM: Com o Cebraspe já definido como banca organizadora do Concurso do Superior Tribunal Militar, foi divulgado no dia 07 de agosto, a definição de vagas e áreas de conhecimento que serão ofertadas no próximo certame para os cargos de técnico e analista judiciário. Conforme o site do STM, serão ofertadas 41 vagas para os cargos e a previsão é de que o edital seja publicado no final deste mês de agosto ou no início de setembro. A remuneração inicial é de R$ 12 mil para Oficial de Justiça, de R$ 10 mil para Analistas, e de R$ 6 mil para Técnicos. 
 
CONCURSO STJ: no último concurso do Superior Tribunal de Justiça o cargo de Analista Judiciário da Área Judiciária não foi contemplado. Assim, deve ser lançado ainda em 2017 um concurso para este cargo. Já foi criada a comissão do concurso STJ 2017/2018. Salário inicial varia entre R$ 5.365,92 e R$ 8.803,97. A última banca foi o Cebraspe com 71.418 inscritos.
 
TRIBUNAIS DE JUSTIÇA
 
CONCURSO TJ SP (ESCREVENTE – INTERIOR): o último concurso para as Regiões Administrativas Judiciárias do Tribunal de Justiça no interior do estado de São Paulo aconteceu em 2015, e vence em dezembro de 2017. Foram ofertadas 335 vagas para Escrevente Técnico Judiciário, com vencimentos iniciais em R$ 3.878,07. A Vunesp foi a banca organizadora do certame.
 
CONCURSO TJ PR (TÉCNICO): atualmente, o órgão aguarda definição de banca para o concurso. A Comissão explicou o atraso na realização do certame, dizendo que o cronograma divulgado originalmente (que previa provas no terceiro trimestre de 2017) foi apenas uma estimativa e que novas datas para execução do concurso devem ser divulgadas. São 100 vagas e salário inicial de R$ 5.516,51.
 
CONCURSO TJ SC: presidente do órgão autorizou realização de certame para o órgão. Serão ofertadas vagas para os cargos de Analista Administrativo, Analista Jurídico, Oficial de Justiça e Avaliador, Oficial da Infância e Juventude, Arquiteto, Engenheiro Eletricista, Engenheiro Civil, Enfermeiro e Técnico Judiciário Auxiliar. Os últimos concursos foram realizados em 2014 e 2011, e o mais atual vence em 2018.
 
CONCURSO TJ RR: desde outubro de 2016 uma Comissão trabalha para a realização de um concurso para o órgão. O último certame aconteceu em 2012, organizado pelo Cebraspe. Foram ofertadas vagas para nível fundamental, médio e superior. Na época, as remunerações variavam entre R$ 1.521,45 e R$ 5.313,01. O último concurso venceu em 2016.
 
CONCURSO TJ AL: Comissão Aguarda projeto de cargos e salários dos servidores ser aprovado na Assembleia Legislativa. O projeto tramita na Casa. A expectativa é que o número de oportunidades chegue a 120 vagas, para os cargos de Analista, Técnico e Oficial de Justiça. O último certame foi em 2012 e venceu em 2016. Realizado pelo Cebraspe com 172 vagas e salários entre R$ 1.084,67 a R$ 5.789,13.
 
TRIBUNAIS REGIONAIS DO TRABALHO
 
CONCURSO TRT SP (2ª REGIÃO): o último concurso realizado para o Tribunal Regional do Trabalho 2ª Região, de São Paulo, aconteceu em 2013, e vence em junho de 2018. Na época, foram ofertadas 329 vagas, mais cadastro de reserva, para Técnico e Analista Judiciário. A remuneração para estes cargos, na época, era de R$ 4.635,03 e R$ 9.188,20, respectivamente. A FCC foi a banca organizadora do certame.
 
CONCURSO TRT SP (15ª REGIÃO): Autorizado! FCC será a banca organizadora. O último concurso para a 15ª região do Tribunal Regional do Trabalho foi em 2013, e vence no início de 2018. 
 
CONCURSO TRT RJ (1ª REGIÃO): último concurso TRT RJ venceu em junho de 2017. O Tribunal já confirmou 12 vagas para o próximo concurso, mas atualmente possuem a carência de 70 servidores (49 Técnicos e 21 Analistas). O edital deve sair ainda este ano. O último foi em 2012 com 45 vagas. Foram 1.065 convocados. Vencimentos para os cargos variam entre R$ 6 mil e R$ 18,7 mil.
 
CONCURSO TRT RN (21ª REGIÃO): órgão autorizou e formou Comissão para a realização de Concurso. O último certame foi realizado pelo Cebraspe, com 53 vagas para Analista e Técnico. Salários entre R$ 4.052,96 e R$ 6.611,39 na época. Banca registrou 25.645 candidatos inscritos.
 
CONCURSO TRT PE (6ª REGIÃO): Autorizado! Está aprovado desde setembro de 2016 o projeto de lei que cria 128 vagas para o órgão, mas ainda não foi formada uma comissão. São vagas para Analista e Técnico. Para Analista, a remuneração inicial é de R$ 9 mil, podendo ultrapassar R$ 11 mil. Já para Técnico inicia em R$ 5 mil e pode chegar a R$ 6 mil. Último certame foi em 2012 e expirou em outubro do ano passado. Realizado pela FCC foram 64 vagas e salário entre R$ 4.052,96 e R$ 6.611,39. Foram 709 nomeações.
 
CONCURSO TRT GO (18ª REGIÃO): atualmente há uma Comissão responsável pela realização do concurso. Vagas para Analista e Técnico. O processo de escolha de banca ainda está em curso. O último certame foi em 2013 organizador pela FCC. Foram ofertadas vagas para Analista e Técnico com salários entre R$ 4.635,03 e R$ 8.140,08. O concurso vence em setembro de 2017.
 
CONCURSO TRT DF (10ª REGIÃO): o Cespe/Cebraspe foi a banca organizadora do concurso do Tribunal, realizado em 2012. A validade do certame vence em setembro de 2017. No último edital, rendimentos variavam entre R$ 4.052,96 e R$ 6.611,39. Foram apenas 28 vagas, mas o órgão nomeou 445.
 
CONCURSO TRT BA (5ª REGIÃO): o Tribunal já designou uma comissão para realizar concurso para o órgão. São 18 cargos vagos no quadro. Atualmente, a comissão trabalha para a escolha da banca. O último certame foi em 2013 realizado pela FCC e prorrogado até fevereiro de 2019. Foram 13 vagas imediatas e Cadastro de Reserva. Salários atuais variam entre R$ 4.635,03 e R$ 7.566,42.
 
CONCURSO TRT PI (22ª REGIÃO): o último concurso foi organizado pela FCC em 2010 e venceu em 2015. A previsão é de que em 2018 o órgão abra novo concurso. Na época foram ofertadas 9 vagas imediatas e formação de cadastro de reserva para Técnicos e Analistas. Os salários foram entre de R$ 4.052,96 a R$ 8.140,08.
 
CONCURSO TRT PB (13ª REGIÃO): o órgão realizou concurso em 2005 e a banca organizadora foi a FCC. O certame está vencido desde 2010. A previsão é de que em 2018 o Tribunal abra novo concurso. Na época, foram 78 vagas para Técnico e Analista. Na época, os salários iniciais variavam entre R$ 1.858,20 e R$ 3.103,56. Com o tempo, os servidores tiveram ganhos.
 
TRIBUNAIS REGIONAIS ELEITORAIS
 
CONCURSO TRE RJ: Com banca já definida, o edital do concurso TRE RJ está muito próximo de acontecer. Embora o órgão não tenha se pronunciado oficialmente, existem rumores de que o Edital do certame deve ser publicado ao longo da próxima semana. Vencimentos iniciais variam entre R$ 5.934,00 e R$ 7.591,00.
 
CONCURSO TRE CE: todo processo de remoção interna precede a realização de um concurso público. E é nesta etapa que está o Tribunal Regional Eleitoral cearense. O processo começou em maio deste ano. O último concurso aconteceu em 2011 com a FCC no comando. Foram 17 vagas imediatas com salário inicial em R$ 6.611,39 para Analista e Técnico de R$ 4.052,96.
 
CONCURSO TRE MS: os últimos concursos aconteceram em 2007 e 2012, realizado pelo FCC e Cespe respectivamente. A remuneração atual para os cargos de Analista e Técnico pode ultrapassar os R$ 10 mil e os R$ 6 mil, respectivamente. Ainda em 2016 foi formada uma comissão organizadora para o certame. E está previsto um valor de R$ 2.320.000,00 para concursos aos dois cargos.
 
CONCURSO TRE ES: um novo certame pode vir por aí. O último concurso para o órgão venceu em 2015. Além do vencimento do prazo, foi aprovado crédito suplementar para realização de um certame. A última prova foi da banca CESPE/CEBRASPE, em 2010. Foram ofertadas 39 vagas e formação de Cadastro de Reserva. A partir de 2019, os salários iniciais serão de R$ 7.591,00 para Analista e R$ 12.455,00 para Técnico.
 
CONCURSO TRE RN: o concurso, que estava previsto na LOA-2017, tinha expectativa de vagas para Técnico e Analista Judiciário. Mas o órgão informou que em 2017 não realizaria concurso. Porém, um novo certame pode acontecer em 2018, já que o último certame do órgão expirou em 2015.
 
TRIBUNAIS DE CONTAS
 
CONCURSO TCE RS: desde o mês de março o órgão já possui uma Comissão trabalhando na realização de um concurso. O certame visa o preenchimento de vagas para o cargo de Auditor Público Externo Nível III, Classe A. O salário é de R$ 16.396,06. O último concurso foi em 2011 com 39 vagas e FCC como banca.
 
CONCURSO TCE BA: a LOA-2017 prevê R$ 820.000,00 para a realização do certame. O último concurso aconteceu em 2013 com validade de apenas seis meses. Foram 97 vagas para Auditor Estadual de Controle Externo e 30 vagas para Auditor Estadual de Infraestrutura. A FGV foi a banca do último concurso que ofertou salário em R$ 18.6320,30.
 
CONCURSO TCE MG: O Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais publicou o extrato de dispensa de licitação que contrata a Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (FUNDEP) como banca organizadora de um concurso para o cargo de Conselheiro Substituto do Tribunal de Contas do Estado. Serão ofertadas duas vagas para a carreira, que tem remuneração inicial de R$ 30.471,11. Foi formada comissão responsável pela coordenação e organização do novo concurso para o cargo de Analista de Controle Externo. A remuneração inicial é de R$ 6.741,84, porém este número é muito maior ao adicionar vantagens e benefícios.
 
CONCURSO TCE RO: O Tribunal informou que a comissão organizadora do concurso já elabora o projeto básico para realização de certame. Com o processo serão ofertadas oportunidades para o cargo de procurador do Ministério Público de Contas do estado. Os salários, conforme o edital do último concurso que aconteceu em 2011, chegam a R$ 21.705,86.
 
CONCURSO TCE RR: O Tribunal de Contas do Estado de Roraima, publicou portaria criando comissão para estudar a possibilidade financeira, orçamentária e fiscal, com objetivo de realizar um novo concurso para Auditor Fiscal de Contas. O último concurso aconteceu em 2006 para Auditor, Analista Administrativo, Técnico e Oficial de Mandado. A Fundação ESAG foi a banca organizadora.
 
CONCURSO TCE SP: O Tribunal de Contas do Estado de São Paulo já se organiza internamente para a realização de um novo concurso com provimento de cargos efetivos para o órgão.  Desta forma, foi assinado o contrato com a banca Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista – Vunesp, para realização do novo certame. Serão ofertadas oportunidades para os cargos de Agente da Fiscalização e Agente da Fiscalização (Administração). O órgão ainda não divulgou o quantitativo de vagas que serão ofertadas com o concurso TCE SP, mas sabe-se que a taxa de inscrição para ambos os cargos será de R$ 57,00.
 
CONCURSO TCE PB: O presidente do Tribunal assinou documento designando a comissão responsável pelo concurso de Auditor de Contas Públicas e Assistente Jurídico do órgão. Inicialmente, o tribunal abrirá 20 vagas, sendo 10 para cada cargo.
 
CONCURSO TCM RJ: o último concurso aconteceu em 2010 e venceu em 2014. Foram ofertadas 19 vagas para o cargo de auditor com salário inicial em R$ 17.931,45. Uma comissão própria avaliou os candidatos do certame.
 
CONCURSO TCM BA: foi formada a comissão para o próximo concurso de Auditor de Controle Externo do TCM/BA. O último certame ocorreu em 2004.


 
ENDEREÇO


Rua Antônio Andrade, nº 1.190, Coroa do Meio (mesma rua da casa de festas Planeta Mágico; em frente à Construtora Laredo; ao lado do escritório de advocacia Vila Nova de Carvalho - VNC)
Aracaju/SE. CEP: 49035-050.

Tel.: (79) 3246-5292

contato@portalciclo.com.br

Seg. a Sexta-feira, das 08h às 22h
Sábado, das 08h às 18h.

LOCALIZAÇÃO