Acesso:
(79) 3246-5292 INSTAGRAM FACEBOOK YOUTUBE TWITTER

NOVIDADES

12/08: CONCURSOS ÁREA JUDICIÁRIA PARA 2º e 3º GRAUS.

 Boas remunerações, vários benefícios, status e a almejada estabilidade empregatícia, garantida pelo regime estatutário. Esses são os principais atrativos de uma carreira em um órgão do Poder Judiciário, seja ele estadual ou federal. E, apesar da crise econômica no país e nos estados, os tribunais estão reforçando os seus quadros, fazendo os concursos necessários. Por isso, quem sonha em ingressar no serviço público, especialmente na Justiça, deve atentar para osconcursos programados em todo o país no setor.
 
Além da seleção, no Rio, para o Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-RJ/ES), cujo edital sairá neste mês, haverá concursos para os tribunais regionais eleitorais (TREs) de São Paulo e Pernambuco, tribunais regionais do trabalho (TRTs) de Sergipe e de Roraima e tribunais de justiça (TJs) de Minas Gerais e Pernambuco. E você, que tal concorrer a uma vaga fora do seu estado, conquistando a tão sonhada estabilidade e uma boa remuneração?

TRF-RJ/ES
O Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-RJ/ES) está na fase de escolha da organizadora, que ocorrerá por meio de pregão eletrônico. O edital, segundo o projeto básico do concurso, sairá neste mês. Haverá vagas para técnicos e analistas judiciários, com vencimentos de R$5.994,02 e R$9.796,14, respectivamente. O destaque é a função de técnico judiciário (sem especialidade), de nível médio, que costuma atrair o maior número de candidatos. Para esse cargo, o TRF-RJ/ES avaliará os concorrentes por meio de prova objetiva (40 questões) e redação.

TRE-SP
A previsão do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo (TRE-SP) é divulgar o edital do concurso para  técnicos e analistas judiciários neste mês. Por enquanto, o órgão está concluindo a oferta de vagas. Já estão confirmados os cargos de técnico judiciário sem especialidade (nível médio; vencimento de R$5.994,02) e analistas das áreas judiciária e administrativa (superior; R$9.796,14). A perspectiva é de que haja muitas contratações, tendo em vista a tradição do TRE-SP em chamar muitos aprovados.  No último concurso, organizado pela Fundação Carlos Chagas (FCC) e realizado em 2011, foram 821 convocações, sendo 480 para o técnico sem especialidade, de nível médio. Os candidatos deverão ser avaliados somente por meio de prova objetiva sobre Língua Portuguesa, Informática, Arquivologia, Regimento Interno do TRE, Normas Aplicáveis aos Servidores Públicos Federais, além dos Direitos, Eleitoral, Administrativo e Constitucional. Essa, pelo menos, foi a estrutura do último concurso, que deverá ser repetida.

TRE-PE
O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) já instalou a comissão organizadora do concurso para técnicos e analistas judiciários. Ainda não há definição quanto ao número de vagas, especialidades e demais detalhes do concurso, mas a expectativa é que a oferta seja para cargos que não foram contemplados na última seleção, em 2015. À época, a oferta foi de quatro vagas para técnico judiciário nas áreas de operação de computador programação de sistemas. É possível que o concurso, previsto para este ano, traga oportunidades para analistas judiciário, em diversas áreas, além de técnico judiciário, na área administrativa, de nível médio. Os vencimentos são de R$5.994,02 e R$9.796,14, respectivamente, para técnicos e analistas.

TJ-MG
O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJ-MG), que fará concurso para oficial de apoio judicial (Justiça Comum e Juizado Especial) e oficial judiciário (Comissário da Infância e da Juventude), escolheu a Consulplan para ser a organizadora da seleção e já elabora o edital. A previsão oficial é de divulgação do documento neste mês. Embora a oferta de vagas ainda não tenha sido informada, a maior deverá ser para Belo Horizonte, Montes Claros e Governador Valadares, onde há grande déficit de pessoal. Os cargos proporcionam remuneração de R$3.238,54, já com o auxílio-alimentação de R$799. Os candidatos serão avaliados somente por meio de prova objetiva, composta por 20 questões de Língua Portuguesa, 15 de Noções de Informática, 20 de Noções de Direito e 25 de Atos de Ofício. A segunda fase será uma prova prática de digitação. O regime de contratação é o estatutário, que garante a estabilidade.

TJ-PE
O Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJ-PE) abrirá concurso público para 60 vagas em diversas funções. Se destaca o técnico da área judiciária, que exige apenas o nível médio e terá dez vagas, além de cadastro com grande possibilidade de chamadas. A remuneração é de de R$3.455,73. Haverá chances também para analistas em diversas áreas, com ganhos de R$5.643,46. O edital sairá em breve, logo depois da escolha da organizadora, cujo pregão eletrônico está na reta final. O TJ-PE poderá escolher Consulplan, AOCP, Sarmento Concurso ou Vunesp para ficar à frente do concurso. A expectativa é de que novidades sejam divulgadas a partir da próxima terça-feira, dia 9. O termo de referência do concurso estabelece que a taxa de inscrição não poderá ultrapassar R$90 para os cargos de nível superior e R$70 para o de nível médio. Ainda de acordo com o termo, sabe-se que o concurso constará de duas fases: provas objetivas e discursivas.

TRT-SE
O Tribunal Regional do Trabalho de Sergipe (TRT-SE) está na fase de escolha da organizadora do concurso. O edital está previsto para este ano, e o órgão trabalha com três possíveis bancas. O concurso contará com vagas imediatas (oferta ainda não foi divulgada) para técnicos e analistas judiciários, com ganhos de R$5.994,02 e R$9.796,14, respectivamente, para técnicos e analistas. Se destaca o técnico judiciário sem especialidade, que exige o nível médio. Segundo o projeto básico, os candidatos serão avaliados por meio de prova objetiva, com 60 questões. Serão 20 de Conhecimentos Gerais (Língua Portuguesa, Noções de Informática, Raciocínio Lógico e Noções de Direito — as matérias variam de acordo com o cargo) e 40 de Conhecimentos Específicos da área. O regime de contratação é o estatutário, que garante a estabilidade.

TRT-AM/RR
O Tribunal Regional do Trabalho da 11° Região, que abrange os estados de Amazonas e Roraima, já programa a abertura de concurso este ano, para técnico (nível médio) e analista (nível superior) judiciários. Os vencimentos são de R$5.994,02 e R$9.796,14, respectivamente. Segundo a Diretoria de Gestão de Pessoas, o TRT-AM/RR está na fase de estudo das necessidades de pessoal, e por isso ainda não informou quais áreas serão contempladas. Entretanto, é certo que haverá oportunidades para técnico judiciário administrativo, de nível médio. O próximo passo rumo à abertura do concurso será a definição da comissão organizadora. Após todos os membros serem definidos, o TRT-AM/RR vai concentrar os esforços na elaboração da minuta do edital e na definição da instituição organizadora.
 
Fonte: Folha Dirigida
ENDEREÇO


Rua Antônio Andrade, nº 1.190, Coroa do Meio (mesma rua da casa de festas Planeta Mágico; em frente à Construtora Laredo; ao lado do escritório de advocacia Vila Nova de Carvalho - VNC)
Aracaju/SE. CEP: 49035-050.

Tel.: (79) 3246-5292

contato@portalciclo.com.br

Seg. a Sexta-feira, das 08h às 22h
Sábado, das 08h às 18h.

LOCALIZAÇÃO